Remarketing: entenda o que é e como funciona

Marketing Digital
November 10, 2020

Temos certeza que esta situação já aconteceu com você: ao fazer uma busca no Google ou entrar em um site para adquirir um produto ou serviço, você acessa as redes sociais e começa a ser perseguido por um anúncio exatamente do que procurou anteriormente. Isso é magia e adivinhação? Não! Este caminho nada mais é do que o que chamamos hoje de remarketing.

A estratégia, criada pelo Google Ads, permite, com algoritmos e ferramentas que cruzam dados entre as plataformas, um usuário seja impactado várias vezes por um anúncio que, baseado em pesquisas ou em site que entrou, é de seu interesse. Ele pode ser impactado em blogs, redes sociais, sites de conteúdo, jornais online e sites parceiros vinculados a rede de display do Google.

Temos vários modelos e tipos de estratégias de remarketing: por isso sempre é essencial falar com um profissional especialista no assunto para traçar o planejamento e ações que mais se adequem ao seu negócio.

Quer motivos para investir no marketing digital da sua empresa? Nós te mostramos cinco neste artigo.

Tipos de remarketing

Sempre que falamos em pioneirismo e criação de marketing digital, lembramos do Google. E no remarketing não seria diferente: a primeira ideia que a maioria dos especialistas da área pensam quando escutam a palavra é nas redes de display.

Quando um usuário entra em um site de compras ou reservas de hospedagem, como por exemplo o Netshoes ou o Booking, automaticamente é instalado um cookie no navegador e, ao sair dos sites, vários anúncios destas mesmas páginas começam a ser exibidos para o usuário. Dependendo do nível que a empresa possui no Google e da estratégia utilizada, os anúncios exibidos podem ser mais ou menos personalizáveis. 

Outro gigante que aderiu ao remarketing ainda em 2012 foi o Facebook e, consequentemente, o Instagram. O cookie instalado no navegador do usuário é o Pixel e os anúncios podem ser exibidos no espaço destinado a eles no Face, no feed das plataformas e, ainda, nos stories.

Ainda temos, neste universo, as listas de remarketing para rede de pesquisa, que exibem anúncios para os visitantes de um site quando os mesmos pesquisam algo no Google.

Vantagens do uso do remarketing

Além de ser uma ferramenta muito eficiente para campanhas online, estimulando as vendas e conversões de uma empresa, ele pode também ser utilizado como estratégia para aumentar seu público-alvo, fazer com que os usuários se cadastrem em uma determinada lista, oferecer uma recompensa e promover uma marca, seja divulgando e reforçando características de branding. O remarketing impulsiona o retorno do investimento (ROI) para todos os anunciantes das mais diversas áreas e segmentos do mercado.

Basicamente, ele exibe a mensagem certa, no momento certo, para as pessoas certas, pois o alcance e direcionamento se dá ao público que já está interessado em comprar, tendo uma gama de clientes personalizados.

Os conteúdos alcançam usuários mais qualificados e com mais profundidade e segmentação, gerando mais assertividade. A cobrança dos sites por esse tipo de anúncio costuma variar conforme a quantidade de público-desejado, além do tempo. Por fim, a empresa ainda pode ter acesso, diretamente na plataforma de cada uma das empresas de tecnologia, a diversos dados e números das campanhas.

Quer implementar o remarketing nos canais da sua empresa? Manda uma mensagem para a MAVERICK 360 no site www.agenciamaverick.com.br ou entre em contato:

contato@agenciamaverick.com.br

+55 41 99980 9009⠀

+55 41 99954 7416⠀


Fabíola Cottet 

Sócia-diretora da MAVERICK 360

Cadastre-se em nossa newsletter e receba apenas conteúdos para que o seu negócio vire referência no mercado.

Home