Rick Garcia
Diretor comercial
x
Olá, tudo bem? Obrigado pela visita! Como podemos ajudar?
Conversar com Rick

Você sabe o que é necessário para colocar um site no ar?

Marketing Digital
May 19, 2022

Quando falamos em websites, sempre precisamos incluir uma URL no campo de navegação ou apenas digitar palavras-chaves para que o Google os achem por nós, certo?! Mas você sabe o que significa todas essas nomenclaturas, abreviações e até mesmo o que é preciso para publicar isso tudo na internet?

Continue a leitura que vamos explicar sobre cada campo de um endereço, como fazemos e o que precisamos para que um site fique online na web. Vamos lá?

O significado do ''www''

Muita gente já conhece a sua forma não abreviada, que é o World Wide Web, mas você sabe para que ele serve realmente?

O www nada mais é do que um sistema de documentos públicos que são disponibilizados na internet e o seu formato de hipertexto é acessível por todos os navegadores que você possui instalado no seu computador.

Mas o que é esse ''hipertexto''?

É um texto digital, que possui informações em formato de vídeos, imagens, sons, palavras escritas e muitos outros.

O que é ''http'' e ''https'' e a diferença entre eles

Ao digitar a URL do site que queremos acessar, normalmente iniciamos utilizando o ''www.'' - ou até mesmo pulamos essa etapa e vamos direto para o nome do site, mas você sabia que por trás de todo endereço existe um protocolo de transferência de hipertexto?

O HTTP (HyperText Transfer Protocol) é o padrão para toda a web, por ele, o navegador que usamos requisita e recebe as páginas que acessamos. 

No entanto, por trás do uso do HTTP temos a falta de segurança de dados, afinal, ele se baseia em protocolo de texto e transmite tudo no mesmo formato, ou seja,  as informações do usuário e de todo o servidor adquirido pelo dono do site também podem ser interceptados e até mesmo alterados no meio da sua trajetória. 

Um exemplo de problema que pode ocorrer ao utilizar apenas o HTTP, está com as transferências bancárias. Se uma pessoa com más intenções quiser alterar a conta dessa transação e receber na sua própria, ela consegue fazer isso facilmente, pois o protocolo padrão não dispõe de nenhuma proteção para os dados. 

Mas para minimizar toda essa falta de segurança online, temos o HTTPS, que, em resumo, é o HTTP com proteção.

Ao adquirir e configurar um certificado SSL à URL do seu site, ele passa a ficar seguro com princípios de confidencialidade, integridade e autenticidade. Olha só:

  • Através da confidencialidade o usuário garante que a sua mensagem só é lida pelo destinatário;

  • Já a integridade, assegura que nenhuma mensagem foi alterada;

  • E a autenticação sinaliza que o servidor que está sendo utilizado é real e não possui nenhuma violação. 

Então, ao adquirir um serviço de hospedagem, verifique e priorize o plano que possui um certificado SSL. 

O domínio

Após digitar o ''https://www.'', é hora de colocar o nome da marca ou da sua empresa, e é nesta parte que entra o domínio. Ele nada mais é do que a palavra específica (como o nome mesmo) que as pessoas podem digitar no navegador e entrar diretamente em seu site.

Ah! Uma informação extra: com o domínio adquirido, através do plano certo de hospedagem, você consegue criar um e-mail personalizado com o @suaempresa.com.

A hospedagem

Após adquirir o seu domínio, vamos para os servidores que colocam um site efetivamente no ar. Os planos de hospedagem oferecem espaços em gigabytes para os serviços que você precisa.

Então lembre-se de sempre adquirir a melhor opção para que a sua página seja um lugar seguro e que você consiga ter um suporte ativo, caso ocorra algum problema. Logo, nem sempre o mais barato é o ideal, o que deve ser levado em conta é a experiência positiva do usuário com a sua marca através do seu site.

O DNS

Uma das etapas mais importantes é esta. Agora você deve linkar o seu domínio dentro da sua hospedagem e é aí que entra o DNS (Domain Name System). Ele é responsável por traduzir o endereço IP em nomes de sites. Ao invés do seu domínio ser acessado digitando no navegador ''192.58.192.50'' ele traduz esse endereço para o domínio que você adquiriu.

É nessa parte que nós incluímos o endereço de DNS dentro do serviço de hospedagem para que quando o usuário digitar o seu site, ele seja levado à página correta dentro do servidor correto.

O FTP

Por fim, temos o FTP (File Transfer Protocol), que serve para transferir e fazer troca de arquivos entre máquinas conectadas à internet ou para apenas armazenar os arquivos em seu servidor.

É nele que através de um login interno, conseguimos acessar o servidor da hospedagem e publicar todos os arquivos e páginas do site desenvolvido.

E aí, o que achou de aprender um pouco mais deste universo?

É válido lembrar que alguns tópicos neste artigo foram resumidos para deixar o entendimento mais objetivo e claro, mas para um site ir ao ar, precisamos de “mão de obra” especializada e muita atenção para que tudo ocorra da forma correta e não deixe a página fora do ar ou acabe ocasionando alguns problemas sérios nos servidores.

Aproveite que a MAVERICK 360 tem uma equipe preparada para a criação e publicação de websites e entre em contato com a gente para desenvolver a página da sua empresa!

Entre em contato:

contato@agenciamaverick.com.br‍

+55 41 99980-9009

+55 41 99954-7416

AUTOR DO TEXTO:
Gabriel Rodrigues
Programador | Desenvolvedor
Desenvolvedor de websites, sendo o programador da MAVERICK 360.

Cadastre-se em nossa newsletter e receba apenas conteúdos para que o seu negócio vire referência no mercado.

QUER UMA PROPOSTA?
Home