Juliano Farias
Executivo de growth
x
Olá, tudo bem? Obrigado pela visita! Como podemos ajudar?
Conversar com Juliano

Precisamos falar sobre estratégias de marketing e vendas para o varejo

O importante não é somente vender mais no curto prazo: quando o lucro aumenta, é necessário mantê-lo para que ele estabilize e seu negócio possa crescer ainda mais. Segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), o volume de vendas de 2022 teve um crescimento de 1% e, ainda mais animador para o setor, janeiro de 2023 bateu o recorde e teve um aumento de 3,8%.

Os dados são promissores, ainda mais quando se vive um cenário econômico instável e não muito ascendente, com o mundo ainda se recuperando no pós-pandemia. Esses números também nos trazem uma conclusão importante: é possível crescer mesmo em meio à crise. Não, não é algo simples e extremamente fácil, mas com estratégias bem aplicadas e um marketing bem direcionado, suas vendas vão crescer muito.

As ações que podem ser tomadas são infinitas (e começam com um texto vendedor - saiba mais clicando aqui). Porém, abaixo você vai ler algumas dicas e estratégias que são extremamente importantes do ponto de vista do marketing, comunicação e relacionamento com o cliente. Mas lembre-se que todas elas devem estar bem planejadas e inseridas em um cenário macro de plano de comunicação (nisso nós somos especialistas, acesse este link e fale conosco) e a máxima de que “quem não é visto não é lembrado” faz todo sentido. Confira!

01. Volte algumas casas e analise seu negócio

De nada adianta traçar estratégias mirabolantes para vender mais se não temos o básico. Para trazer um exemplo prático: eu não vou conseguir vender café gourmet com um valor agregado alto e grãos de qualidade premium sem uma embalagem que seja minimamente compatível com o meu produto e público, não é mesmo?

O que quero transmitir aqui é que, como empreendedor, preciso ter consciência de que meu produto ou serviço está adequado ao meu público, quem são os consumidores, se o investimento que faço é compatível com o que quero atingir, se estou gastando com as ferramentas certas, etc. Ou seja, é necessário, antes de tudo, ter o plano de negócios da sua empresa bem definido, com um estudo de clientes, mercado e concorrência bem embasado.

02. Saiba MUITO BEM quem é seu público

Já falamos aqui sobre personas, mas é sempre bom lembrar que conhecer bem o seu potencial cliente é essencial para o sucesso, afinal, o seu negócio depende dele. Saber bem suas características, dores e necessidades faz com que as estratégias de marketing sejam melhor direcionadas, os investimentos tenham mais retorno, os funcionários sejam melhores treinados e, de maneira geral, as decisões sejam mais assertivas.

Identificar o perfil do consumidor é o primeiro passo para o sucesso. Mas como fazer isso? Existem diversas formas e estratégias, mas é importante que você comece se fazendo algumas perguntas:

  • Para quem eu quero vender o meu produto?
  • Quem é o meu cliente ideal?
  • Qual é o perfil dele (gênero, idade, localização, classe social, gostos, interesses, etc)?
  • O que ele procura no meu estabelecimento?
  • Ele prefere comprar na loja física ou online?
  • O que faz com que ele tome a decisão da compra?

03. Planejamento, objetivos e metas bem definidas

Bom, se você já tem um plano de negócios estruturado e sabe quem é seu consumidor, o próximo passo é definir onde quer chegar, como e quando. Aqui vale uma dica de ouro: seja o mais realista possível. No mundo dos negócios a gente precisa sempre sonhar com o pé na realidade e, quando falamos em publicidade, a equação é básica e funciona na maioria dos casos: quanto mais verba, menor o tempo para atingir o objetivo. Se o orçamento for baixo, é necessário mais mão na massa e paciência.

04. Comece pensando no mais acessível

Expandir sua base de leads é ótimo, mas você já pensou nos clientes cadastrados que tem? Sua loja tem feito ações para fidelizá-los? O cadastro com os dados está atualizado? Eles recebem promoções e novidades em primeira mão? O que seu negócio tem feito para encantar os consumidores que são esporádicos ou frequentes?

Atrair mais pessoas é bem mais caro que manter a base já existente. Tenho certeza que você já deve ter ouvido falar em funil de vendas. Basicamente, a sua base é o público que você já conquistou (o que faz com que, para esta parcela de pessoas, o gasto com publicidade seja infinitamente menor, pois você não precisa captá-las) e que já está convencido de que o seu produto é bom. Neste caso, investir em relacionamento, estratégias digitais e atendimento é o canal.

05. Aposte no digital

A gente sempre comenta - como um argumento de venda, inclusive - que pode acontecer uma tragédia: um acidente na empresa, um incêndio ou uma catástrofe mundial. E você vai pensar que a probabilidade é mínima. Bom, a pandemia que enfrentamos recentemente nos provou o contrário.

Apostar em e-commerce, por exemplo, faz com que seu negócio tenha um alcance que pode ser, inclusive, mundial. Ele é uma outra loja, só que online e mais acessível. Por isso, não duvide do poder absurdo da internet e seu alcance. 

Neste caso, vale usar a abusar da criatividade, do relacionamento com o seu cliente, das plataformas oferecidas de maneira gratuita ou com um custo baixo (como as redes sociais, por exemplo), dentre outras artimanhas. É possível, inclusive, misturar o físico com o digital: uma loja de games, por exemplo, pode utilizar uma charada para os nerds de plantão, enviada em código pelo WhatsApp, com um convite para o lançamento do jogo mais aguardado do ano, que será na loja.

Estudar a concorrência, pensar em funil de vendas e performance no marketing digital e estar atento aos recursos tecnológicos é essencial para quem tem um negócio hoje, independente de qual seja ele. 

Fale com a MAVERICK 360 e potencialize as vendas da sua empresa com a ajuda de profissionais especialistas em marketing, comunicação e publicidade. Entre em contato clicando aqui.

AUTOR DO TEXTO:
Rick Garcia
Sócio-diretor | Publicitário
Em sua carreira atendeu empresas reconhecidas internacionalmente, destacando entre elas a RPC (afiliada Globo), Fundação Banco do Brasil, Claro, Oi, Cyrela, THÁ, Jandira Alimentos, Chef Vergé e Bem Me Quer.

Cadastre-se em nossa newsletter e receba apenas conteúdos para que o seu negócio vire referência no mercado.

QUER UMA PROPOSTA?
Home