Rick Garcia
Diretor comercial
x
Olá, tudo bem? Obrigado pela visita! Como podemos ajudar?
Conversar com Rick

A importância da estratégia no marketing político

Marketing Digital
September 17, 2020

As eleições municipais se aproximam e, com ela, a enxurrada de conteúdo, anúncios e informação a respeito de pré-candidatos, candidatos, propostas e melhorias também começa a brotar em todos os meios e canais, tanto no online como no offline.

Com a digitalização e avanço da tecnologia nos últimos anos e, principalmente, no período em que estamos vivendo a pandemia do Covid-19, é indiscutível que a campanha política deixou de ser só a distribuição de santinhos, realização de eventos e comerciais de TV, passando ao meio digital, com muito mais fichas voltadas à estratégia, planejamento e qualidade, ao invés de, somente, quantidade.

Fato é que, sem uma boa estratégia e ações de marketing político, não irá mais existir comunicação eficiente entre os políticos e eleitores. Assim como nos outros meios, existem regras (veja quais são elas clicando aqui) para a divulgação de candidatos nos meios digitais, porém existem infinitas ações que podem ser realizadas no online para ter um público qualificado e expor as ideias e propostas de forma objetiva. Abaixo listamos algumas:


1 - Planejamento, equipe e estratégia

De nada adianta querer se candidatar a vereador ou prefeito nas eleições e não ter um planejamento de comunicação e marketing político muito bem definido. Basta pensar que, mesmo políticos que estão no páreo pela reeleição e são nomes muito conhecidos, possuem uma forte equipe de comunicação com profissionais experientes e capacitados. 

Se você não faz parte dos amplamente conhecidos, somente a sua rede de contatos não será o suficiente se você não tiver uma estratégia eficaz para utilizá-la. Escolha bem a sua equipe de comunicação e preze, muito, pela experiência. Por fim, de nada adianta começar e pensar nas estratégias um mês antes da população ir às urnas. Por mais que o tempo de campanha e divulgação permitidos sejam relativamente curtos, o planejamento é algo que deve ser feito com antecedência.


2 - Escolha de canais

Uma pesquisa de consulta de percepções, realizada pela Critério ouviu, neste ano, 52 pré-candidatos a prefeito para saber das ações que cada um deles está adotando, ou ainda vai adotar, nestas eleições municipais.  

O resultado é que 78% dos entrevistados dizem que as mídias sociais são o canal prioritário: cerca de 68% aponta o Facebook como prioridade, seguido pelo WhatsApp, com 33% de adesão entre os pré-candidatos. Por isso, a escolha dos canais que serão os mais utilizados e onde serão investidos mais esforços é fundamental.


3 - Vá além no marketing digital

Não é só de redes sociais que vive uma campanha política. É importante que a estratégia de marketing político contemple, de maneira inteligente e assertiva, todos os canais em que seja possível manter uma comunicação recorrente com o público e, principalmente, atrair cada vez mais leads para a sua base.

Uma ferramenta muito importante no cenário é uma landing page para captação de leads. Ela pode ser utilizada, no cenário do marketing político, como uma carta de apresentação do candidato, também para ações específicas e eventos.


4 - Conteúdo

Um dos pontos mais importantes, quando falamos de estratégias de comunicação política, é, sem dúvida, o conteúdo. Por isso é importante ter um especialista na equipe, jornalista ou redator com experiência na área, que crie conteúdos que valorizem o histórico, mostrem os motivos pelos quais a pessoa deve acompanhar o candidato e, principalmente, as propostas e comprometimento.

Outro objetivo aqui é saber escrever para cada um dos canais: a mensagem pode ser a mesma, mas ela deve ser transmitida de maneira segmentada e direcionada em cada canal, seja ele site, blog, Facebook, Instagram, mídia offline, newsletters, WhatsApp, etc. 

Quando falamos de conteúdo para formulários, o ideal é que o usuário tenha que colocar somente as informações mais relevantes e necessárias. Por exemplo, se o candidato está usando aquele determinado canal para estruturar uma lista de contatos que vão receber informações por email, é importante que o email seja um campo obrigatório de preenchimento.


5 - Cuidado com exageros e spam

Como muita gente torce o nariz para conteúdos políticos e, em muitos casos, bloqueia o remetente ou direciona diretamente para o spam, aqui vale utilizar filtros e ser ponderado com relação à escolha do público. É claro que a ideia é que a mensagem seja transmitida, com sucesso, ao maior número possível de pessoas. Mas é importante que a estratégia e o planejamento estejam integrados e alinhados com o objetivo e, com certeza, ele não é ser denunciado nas redes sociais.

Por isso, integre os canais, atualize listas de envios, tome cuidado com envios de SMS e listas de transmissão no WhatsApp e mais ainda com a compra de listas de contatos de empresas.

 

Quer uma estratégia para sua campanha política? Fale com a gente!

https://www.agenciamaverick.com.br 

contato@agenciamaverick.com.br

+55 41 99980 9009⠀

+55 41 99954 7416⠀


Fabíola Cottet 

Sócia-diretora da MAVERICK


Overview