Rick Garcia
Diretor comercial
x
Olá, tudo bem? Obrigado pela visita! Como podemos ajudar?
Conversar com Rick

4 maneiras da assessoria de imprensa contornar as hard news

Assessoria de imprensa
September 14, 2021

A primeira quinzena de setembro de 2021 foi recheada de hard news, notícias que concentraram a atenção das redações jornalísticas e podem mudar o planejamento de pautas do dia, da semana ou do mês. Os cenário político (com manifestações do 7 de setembro), esportivo (interrupção do jogo Brasil e Argentina), econômico (inflação recorde) e artístico (a saída de Tiago Leifert da Globo) movimentaram o noticiário. Com redações enxutas, isso é um mau sinal para as assessorias de imprensa, que podem ver seus planos de divulgação serem engolidos pelas hard news.

Por isso, é fundamental ter táticas para contornar a situação e deixar os clientes a par do que acontece no noticiário. Afinal, se o cliente é o principal interessado na "venda da pauta", melhor que ele também entenda esses motivos de mudanças de planos. Neste texto, separamos quatro estratégias para a assessoria de imprensa contornar as hard news e conseguir emplacar pautas.

1 - Abra o jogo com o cliente: a empresa atendida pela assessoria de imprensa precisa entender o momento de digitalização das redações e o quanto elas estão mais enxutas. Por mais que os jornais mantenham suas editorias, é fundamental esclarecer sempre: em muitos casos, um jornalista pode estar responsável por mais de uma editoria, ou ser repórter de diferentes áreas. E, em casos de mudanças repentinas nas pautas por causa das hard news, sugestões de assessorias de imprensa podem ter que esperar.

2 - Comece pelo setorizado: por mais que o objetivo da assessoria de imprensa sempre seja escolher veículos de maior alcance, nesses casos é recomendável partir para mailings setorizados. Ou seja, ao invés de sugerir a pauta de cultura para um grande site noticioso, melhor escolher portais focados no setor. Espere a poeira baixar nos grandes veículos de comunicação para, então, fazer sua sugestão de pauta.

3 - Seja compreensivo: caso não haja alternativa e você precise sugerir a pauta em meio à turbulência das hard news, na hora do follow up mostre que sabe da situação, mas que quer deixar uma sugestão de pauta com o colega da redação. A empatia sempre pode fazer a diferença para contatos futuros, em especial nesses momentos.

4 - Mude os planos: se a situação estiver irreversível no noticiário e seu faro jornalístico perceber que o clima vai se prolongar, é hora de replanejar as demandas internamente e com o cliente. Talvez seja mais adequado esperar algumas semanas para vender sua pauta. Vá ao seu cronograma e confira se outro tema pode ser trabalhado. Outra opção é pegar o gancho dos acontecimentos. Em março de 2020, por exemplo, com a chegada da pandemia, esse foi um tema que passou a dominar muitas pautas, que tiveram que ser retrabalhadas com as adaptações para a nova realidade. Não foi diferente com a assessoria de imprensa. Aliás, em breve te contamos mais sobre algumas estratégias que já utilizamos e sobre como elas foram fundamentais para os nossos clientes.

Quer contar com uma estratégia de assessoria de imprensa assertiva? Aqui na MAVERICK 360 temos profissionais capacitados para traçar a melhor estratégia e tornar o seu negócio uma referência no mercado.

Entre em contato:‍

contato@maverick.com.br‍

+55 41 99980-9009

+55 41 99954-7416‍


Rodrigo Batista

Jornalista e assessor de imprensa da MAVERICK 360

Cadastre-se em nossa newsletter e receba apenas conteúdos para que o seu negócio vire referência no mercado.

Home